Search
  • Camila, @BrasileirasdoMundo

Lizandra Costa, Holanda 🇳🇱

Brasileiras do Mundo: Quando e por que você decidiu morar no exterior?

Lizandra: Eu sempre quis morar fora, mas só consegui morar no exterior aos 23 anos, como au pair nos Estados Unidos. Eu queria sair porque eu não me sentia mais segura no Brasil e eu queria conhecer outras realidades. Eu sempre sentia esse desejo forte de sair, sabe? Hoje em dia moro na Holanda, mas porque eu me casei e moro aqui com meu esposo.

BDM: Quais as maiores dificuldades que você encontrou no seu país de destino?

L: Nos Estados Unidos a maior dificuldade foi lidar com o programa em si e com todos os problemas que aconteceram envolvendo a minha família hospedeira. Agora na Holanda (e na Alemanha, onde morei em 2020), o maior desafio é lidar com a área profissional. Eu sou formada no Brasil e aqui não consigo exercer a profissão, seja pelas limitações da língua, como também pela questão do diploma. Com relação a cultura, clima e comidas... Acho que dá para se adaptar.



"Se você não fizer o que você tem vontade, vai passar a vida se lamentando por não ter feito"


BDM: Quais são as coisas das quais você mais se orgulha?

L: Não ter medo de tentar. Eu tenho orgulho por ter dado meu melhor, ir atrás dos meus sonhos e viver, mesmo que eu tivesse que quebrar a cara no futuro. Se você não fizer o que você tem vontade, vai passar a vida se lamentando por não ter feito.

BDM: Dicas para mulheres que pensam em sair do Brasil? L: Primeiro, pensar muito antes de ir para o país novo. Tudo é muito diferente e muitas vezes solitário, então sugiro ficar ligada em tudo que pode enfrentar. Segundo, esteja muito segura da decisão de ir morar fora, principalmente se for acompanhar o parceiro. Normalmente, somos o lado "mais afetado", então, tenha isso em mente para tomar decisões erradas e se arrepender mais na frente. E terceiro... Tenha muita força! E coragem! A vida fora pode parecer cheia de glamour, mas tem muitos desafios, solidão, questionamentos. Nunca duvide do seu valor e vá atrás dos seus sonhos, porque somos capazes.




* Todas as histórias publicadas aqui são reais e oferecidas pelas entrevistadas de forma voluntária. O Brasileiras do Mundo não se responsabiliza pelo conteúdo dos depoimentos.