Search
  • Camila, @BrasileirasdoMundo

Aylla Novaes, Portugal 🇵🇹



Brasileiras do Mundo: Quando e por que você decidiu morar no exterior?

Aylla: Decidi morar fora pq meu pai decidiu morar em Portugal novamente, para tentar juntar um pouco de dinheiro para não passar falta na velhice. Não queria morar sozinha no Brasil por causa de um ex relacionamento além da falta de segurança.

B: Quais as maiores dificuldades que você encontrou no seu país de destino?

A: As dificuldades começaram bem rápido, por mais que a língua seja "igual", morar em outro país é começar do zero. Começar por procurar casas de aluguel e ver uma certa dificuldade em conseguir por sermos brasileiros, depois trabalhar que também é muito diferente do nosso país, enquanto no Brasil tem 5 pessoas trabalhando em um local, aqui tem 2 no máximo, o trabalho é diferente, percebi que os direitos trabalhistas são menores e não tão seguidos a risca. Sem contar o fato de trabalhar na sua área no Brasil e vir pra cá, trabalhar em limpezas, cafés..Isso também dá um choque de realidade grande. Absolutamente tudo se precisa de equivalência para ser aceito no país.

Infelizmente também sofremos um certo preconceito, por acharem que somos fáceis, que procuramos "dar o golpe", ou que só queremos alguém para conseguir a dupla cidadania. Por mais séria que a pessoa seja, a falta de respeito de muitos é completamente intragável.

Mas conheci pessoas boas também, que me ajudam muito, principalmente da família do meu namorado. Tenho sogros ótimos, tais como pais.

"Me orgulho da pessoa que me tornei, da força que descobri em meio a dificuldade, da união com a minha família."

B: Quais são as coisas das quais você mais se orgulha?

A: Me orgulho da pessoa que me tornei, da força que descobri em meio a dificuldade, da união com a minha família. De nunca ter feito nada de errado, não deixe me corromper, trabalhei em lugares horríveis mas dei a volta por cima. Depois de ter decidido nunca mais querer alguém, encontrei um homem maravilhoso, que me apoia nos meus piores momentos, que é carinhoso e paciente. Temos construído nossa história que pretendemos viver vários capítulos pela frente.. O conheci em um café no qual trabalhei, de uma forma muito inusitada, já que ambos eram muito tímidos, tivemos a ajuda de um cupido.

Meu pai que sempre foi um homem muito forte e guerreiro, encontrar-se internado e eu pude estar presente e ajudar, e pretendo ajudar muito mais e vê-lo bem!

B: Dicas para mulheres que pensam em sair do Brasil?


A: Pense muito no campo de trabalho que você pode exercer no país, coloque na ponta do lápis, seus objectivos e vá preparada.Não se iluda com estrangeiros, eles são pessoas normais. Planeje, onde morar, juntar dinheiro, ir preparando o psicológico, e ter foco, no começo os primeiros meses são os mais difíceis, mas tudo na vida tem seus prós e contras.


Portugal é um país lindo, de paisagens incríveis, de uma gastronomia tradicional maravilhosa. Vale a pena pra que pretende juntar dinheiro ou mandar pra alguém no Brasil, pela diferença da moeda.





* Todas as histórias publicadas aqui são reais e oferecidas pelas entrevistadas de forma voluntária. O Brasileiras do Mundo não se responsabiliza pelo conteúdo dos depoimentos.