Search
  • Camila, @BrasileirasdoMundo

Celia Regina, Inglaterra 🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿



Brasileiras do Mundo: Quando e por que você decidiu morar no exterior?


Célia: Eu amo muito o Brasil, onde toda minha vida foi construída - mas a vontade em migrar existiu em mim desde adolescente. Já sou avó e criei cinco filhas praticamente sozinha, contei apenas com o apoio da minha mãe enquanto ela era viva. Por eu ser sozinha e com as dificuldades que passava no Brasil a melhor opção pra mim foi ir para os Estados Unidos e batalhar um visto de residência para poder dar uma vida melhor para as minhas meninas.


Fomos migrando uma por uma, até termos ido todas.

Fui mas acabei voltando ao nosso país porque também não foi fácil me manter no exterior sozinha. Mas a minha filha mais velha ficou - e quando a nossa cidadania europeia saiu ela decidiu mudar para Londres, onde vive até hoje. Depois dela se estabilizar por lá a minha segunda filha foi e fomos migrando uma por uma, até termos ido todas. Hoje eu me divido entre Brasil e Londres.

Londres me deu a oportunidade de realizar um projeto meu, que é dar cursos na área da Organização. Meus cursos contribuem para o crescimento profissional das minhas alunas, muitas imigrantes.





BDM: Quais as maiores dificuldades que você encontrou no seu país de destino?


C: Nos EUA a falta de documentos para regulamentar minha situação no país dificultou bastante a minha estadia. Em Londres, já legalizada, uma das maiores dificuldades foi o inglês - além do frio dos meses de Janeiro e Fevereiro que são na minha opinião os piores.


BDM: Quais são as coisas das quais você mais se orgulha?

C: Além do meu projeto e de ter conseguido me estabilizar no exterior, as minhas filhas. Criei mulheres independentes, guerreiras, mães e profissionais responsáveis que me deram o meu bem mais precioso: meus netos! Um amo sem explicação! Também me orgulho de ter chegado aos 60 sem que ninguém diga que eu tenho essa idade e que já sou avó!


Você vai aprender a dar valor a pequenas coisas que antes passavam despercebidas.



BDM: Três dicas para mulheres que pensam em sair do Brasil?

C: 1. Vão, se arrisquem! Conhecer outra cultura vale a pena e só agrega conhecimento! Você vai aprender a dar valor a pequenas coisas que antes passavam despercebidas.

2. No exterior não confie muito rápido nas pessoas. Você pode se decepcionar.

3. Vão preparadas para enfrentar o mundo! Em muitos casos é você por você mesma - mas no final vale a pena o aprendizado.


A Célia está no Instagram como @celiareginapo.


* Todas as histórias publicadas aqui são reais e oferecidas pelas entrevistadas de forma voluntária. O Brasileiras do Mundo não se responsabiliza pelo conteúdo dos depoimentos.